O Evangelho de João apresenta muitas lições importantes sobre como viver aqui na terra e como determinar o nosso destino eterno depois que morremos. Primeiro, o livro claramente estabelece que Jesus Cristo é o Messias Judaico sobre o qual o Velho Testamento profetizou. Segundo, o livro ensina sobre o propósito de Jesus Cristo e o motivo pelo qual Ele foi enviado à terra por Deus.

Além disso, o Evangelho de João se diferencia dos outros evangelhos ao se focalizar menos nos eventos e mais em temas espirituais. Por último, há uma mensagem clara no Evangelho de João que nos ajuda a compreender a verdade sobre Deus, a verdade sobre a eternidade e a verdade sobre a decisão de aceitar a Jesus Cristo como nosso Salvador pessoal. Naturalmente, um resumo desse Evangelho pode apenas destacar as partes mais importantes do texto e não pode substituí-lo. Gostaríamos de encorajar você a ler o Evangelho de João e aprender mais sobre Jesus Cristo e o Seu plano para sua vida.

João 20:31 cita o propósito como sendo o seguinte: “Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.” Ao contrário dos três Evangelhos sinóticos, o propósito de João não é apresentar uma narrativa cronológica da vida de Cristo, mas mostrar a sua divindade. João queria não só fortalecer a fé dos crentes de segunda geração e levar outros à fé, mas também corrigir uma falsa doutrina que estava se espalhando. João enfatizou Jesus Cristo como sendo “o Filho de Deus”, totalmente Deus e totalmente homem, ao contrário da falsa doutrina do “espírito-Cristo”, a qual afirmava que esse espírito tinha vindo sobre o homem Jesus em Seu batismo e deixado -o na crucificação.

O Evangelho de João seleciona apenas sete milagres como sinais para demonstrar a divindade de Cristo e para ilustrar Seu ministério. Alguns destes sinais e narrações são encontrados apenas em João. O seu livro é o mais teológico dos quatro Evangelhos e muitas vezes ele registra a razão por trás dos eventos mencionados nos outros Evangelhos. Ele compartilha muito sobre o ministério vindouro do Espírito Santo após a ascensão de Jesus. Há certas palavras ou frases que João frequentemente usa e que mostram os temas repetitivos do seu Evangelho: acreditar, testemunha, Consolador, vida – morte, luz – escuridão, eu e o amor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here