O Evangelho de Marcos apresenta muito fatos e lições importantes. Primeiro, esse livro claramente estabelece que Jesus Cristo é o Messias profetizado no Velho Testamento. Segundo, esse livro prova que Jesus era o que clamava ser: o Filho de Deus que viveu uma vida sem pecado e perfeita. Terceiro, o Evangelho registra os milagres de Jesus sobre a natureza (acalmando a tempestade em 4:37-41; andando sobre as águas em 6:48-51; e a figueira cujas raízes secaram em 11:12-14). Outros milagres foram a cura de muitas pessoas, incluindo a sogra de Pedro (1:30-31), o homem paralítico (2:3-12), a mulher com hemorragia (5:25-29) e o mudo e surdo (7:31-37). Jesus também demonstrou poderes milagrosos sobre a morte ao ressuscitar a filha de Jairo (5:37-39). O fato mais importante no Evangelho de Marcos é a evidência de que Jesus Cristo venceu o poder da morte através de sua ressurreição do túmulo. Ele provou que não há qualquer poder maior que Ele, que Ele tem a autoridade de perdoar pecados, e que Ele é o Único Filho de Deus.

Por último, Jesus dá instruções perfeitas sobre como Deus quer que as pessoas vivam, respondam a circunstâncias difíceis e façam decisões sobre o futuro e eternidade. Alguns exemplos incluem ter fé (Marcos 2:5), substituir medo com confiança (Marcos 4:40), acreditar no poder de Deus (Marcos 5:36), seguir a Cristo (Marcos 8:35), compreender a vontade de Deus (Marcos 9:35) e sacrifícios (Marcos 10:21). Cada palavra falada e escrita nesse Evangelho pode ser aplicada à vida de uma maneira prática. Claro que um resumo desse Evangelho destaca apenas as partes mais importantes do texto atual e não pode servir como um substituto. Gostaríamos de encorajar você a ler o Evangelho de Marcos para aprender mais sobre Jesus Cristo.

Embora Mateus tenha sido escrito principalmente para seus irmãos judeus, o Evangelho de Marcos parece ser direcionado aos crentes romanos, particularmente os gentios. Marcos escreveu como um pastor para os cristãos que já tinham ouvido e acreditado no Evangelho (Romanos 1:8). Ele desejava que eles tivessem uma narrativa biográfica de Jesus Cristo como Servo do Senhor e Salvador do mundo a fim de fortalecer a sua fé diante da perseguição severa e ensinar-lhes o que significava ser seus discípulos.

Este evangelho é único porque ele enfatiza as ações de Jesus mais do que Seus ensinamentos. É escrito de forma simples, movendo-se rapidamente de um episódio da vida de Cristo para outro. Ele não começa com uma genealogia como em Mateus porque os gentios não estariam interessados em Sua linhagem. Após a apresentação de Jesus no Seu batismo, Jesus começou Seu ministério público na Galileia e chamou os primeiros quatro de Seus doze discípulos. O que se segue é o registro da morte, vida e ressurreição de Jesus.

O relato de Marcos não é apenas uma coleção de histórias, mas uma narrativa escrita para revelar que Jesus era o Messias, não só para os judeus, mas para os gentios também. Em uma profissão dinâmica, os discípulos, liderados por Pedro, assumiram a sua fé nele (Marcos 8:29-30).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO Evangelho de Marcos – parte 1
Próximo artigoHumildade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here