perdão

Jesus estava ensinando sobre o Monte das Oliveiras. Os escribas e os fariseus trouxeram uma mulher a Ele que tinha sido pega em ato de adultério. Eles o confrontou, a lei diz que ela deve ser apedrejada e pediram a sua opinião. Visto que continuavam a interrogá-lo, ele se levantou e lhes disse: “Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela”. João 8: 7

Depois de dizer isso, um por um, eles deixaram cair suas pedras, e saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos, ficou só Jesus e a mulher. Jesus perguntou a mulher, onde estão seus acusadores? Ninguém te condenou? Ela respondeu que não havia mais ninguém.

E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.

Sabemos que, por vezes, o perdão não vem assim que a ofensa é tomada. Jesus deliberadamente teve tempo para pensar sobre sua resposta às autoridades religiosas Tiago 1: 19. Ele demonstrou o Seu amor, não a condenando. Isso motivou a mulher a levar a sério as palavras de Jesus, para ir e não pecar mais. Devemos sempre nos perguntar quando algo de ruim acontece, se o amor pode cobri-lo (1 Pedro 4: 8) e se há alguma coisa que podemos fazer para melhora a situação. Isso pode proporcionar uma oportunidade mais tarde, para incentivar e encorajar a pessoa, a se arrepender e caminhar com Deus.

Por fim, aprendemos que quando o perdão é concedido, tudo ocorre perante a vontade de Deus. O ofensor se humilha em arrependimento diante do perdão do ofendido. Isto é exatamente o que Deus faz por nós (1 João 1: 9). Como Deus, que nos perdoa pelos nossos pecados, também nós nunca devemos trazer de volta os pecados que foram perdoados Salmos 103: 12. E sempre devemos estar prontos a perdoar novamente, se necessário Mateus 18: 21-22.

Muitas pessoas pedem desculpas e dizem que sentem muito, em vez de pedir perdão. Desculpas não é a mesma coisa que perdão. A palavra de desculpas vem de uma palavra grega “apologos”. Ele só deve ser usado nos casos em que tenha ocorrido nenhum pecado, como no caso de um acidente em que ninguém teve culpa. Já o perdão é desistir do seu direito de obter justiça, pois assume os erros e pecados que foram cometidos.

Deus é amor e quando se tem amor por Deus e pelas as pessoas, o perdão se torna algo fácil de se entender. Não só o perdão como tudo nessa vida.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSer Negado e Perdoar!!
Próximo artigoPerdão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here