Você já se deparou com uma situação difícil:

Imagine Ana, a mãe de Samuel o que ela passou para que pudesse gerar um filho… vamos ver um pouco a história dela.

O seu nome, assim como o seu modo de ser, nos apresenta uma mulher “graciosa” amável, mansa e generosa. O seu nome era Ana.

Apesar de possuir estas tão boas características, ela vivia triste.

A Bíblia nos diz que ela e Penina eram esposas de Elcana. Mas enquanto “Penina tinha filhos” ela não tinha.

Num lugar mais profundo do seu coração, estava o imenso desejo de ser mãe. A sua alma ansiava por um filho, mas a Bíblia diz que “o Senhor lhe tinha cerrado a madre” (1Sa 1:5b).

O seu desejo não estava coincidindo com o desejo de Deus na sua vida naquele momento. O tempo de Deus era diferente do seu tempo, assim como foi o tempo de Sara, o de Rebeca e o de tantas outras mulheres que amavam ao Senhor, mas tinham também suas madres cerradas.

No seu casamento com Elcana havia coisas desagradáveis que a faziam sofrer:

1- Elcana, seu marido, não era só dela, mas havia uma outra esposa – Penina;

2- O Senhor havia cerrado a sua madre e, assim, ela não podia ter filhos;

3- A sua rival a provocava para a irritar (ela tinha filhos e Ana não).

Apesar da tristeza que carregava consigo, ela tinha um marido que a amava. Ele, muitas vezes, a via chorando. Mas, numa certa ocasião, quando ele e toda a sua família foram a Siló para adorar e fazer sacrifícios ao Senhor, ele a viu chorando e perguntou-lhe: “Ana, por que choras? E por que não comes? E por que está mal o teu coração? Não te sou eu melhor do que dez filhos?” (1Sa 1:8)

Assim como ele fez, devemos seguir o seu exemplo porque Deus ouviu o clamor de Ana e ela deu à luz a um filho chamado Samuel que foi um grande homem de Deus,

Então, nos dias de hoje devemos colocar diante do Senhor…

a) o sofrimento que abate o nosso semblante;

b) nossos momentos de solidão;

c) a amargura que guardamos em nosso coração;

d) a tristeza que invade a nossa alma;

e) a ansiedade que nos faz definhar… e depois…
Apenas crer e saber que o nosso Salvador tem prazer em cuidar e nos abençoar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here