verdadeira paz

É lógico que alguns acontecimentos podem tirar a nossa paz, independentemente, da nossa vontade, porém nós podemos ajudar muito nessa busca.

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus”. Filipenses – 4.7

Já pensou em fazer uma pesquisa com algumas pessoas, perguntando aquilo que elas querem, talvez recebamos respostas bem diferentes. Algumas talvez respondam que querem à casa própria, outras um bom casamento, outras prosperidades financeira, outras talvez respondam simplesmente ser feliz, ou seja, as pessoas possuem anseios diferentes para a sua vida.

Mas, independentemente do que as pessoas querem, no fundo, todos nós buscamos viver em paz, sim porque nenhum bem material substitui a paz de espírito que precisamos. E muita gente acha que a paz é uma coisa que, simplesmente, acontece para algumas pessoas e para outras não, ou seja, não depende de nós a tão almejada paz.

Há dois tipos de paz: Interior e Exterior.

A paz exterior é aquela vivida com as outras pessoas. Vocês já repararam como existem pessoas que não conseguem viver em paz com o próximo. Discutem por tudo, brigam por tudo, são intolerantes, reclamam de tudo. Estas pessoas são uma fonte de aborrecimento pessoal, porque simplesmente não conseguem viver bem com o seu vizinho, com o seu colega de trabalho, com o seu marido, com a sua esposa, com ninguém. Vivem brigadas com o mundo. São um poço de intolerância.

Existe um outro tipo de paz. A paz interior. Aquela vivida com você mesmo, ou seja, você consegue administrar a sua ansiedade, suas preocupações, seus medos, ou seja, você consegue se resolver.

Entretanto, o que vemos, na prática, são pessoas que não conseguem viver em paz exteriormente, nem internamente.

É evidente que se alguém não tem paz interna, não a terá externamente e vice-versa. Mas por que? Se esta é a busca diária do ser humano.

É claro que não temos a menor pretensão de resolver esta questão, nestas linhas. Porém entendemos que se nós colocarmos em prática, em nosso dia a dia, algumas coisas, nossas chances hão de melhorar muito.

A primeira coisa que atrapalha muito a paz de uma pessoa é o ressentimento. A falta de capacidade de perdoar de algumas pessoas é uma coisa impressionante. Existem pessoas, para as quais, a palavra perdão é uma coisa quase inalcançável. E uma pessoa que não perdoa, jamais será feliz, jamais terá paz.

Quando uma pessoa não perdoa uma outra, a mais afetada nesta história é justamente ela. Os ressentimentos jamais permitiram que a paz penetre em seu coração.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPaz é um presente de Deus
Próximo artigoSentimento X Paz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here